O que vem depois de Sonic Generations?

Ano passado tivemos a comemoração dos 20 anos da franquia Sonic the Hedgehog e os esforços da Sonic Team foram concentrados no lançamento de Sonic Generations.

Atualmente a Sonic Team está trabalhando com pelo menos duas linhas estratégicas para desenvolvimentos dos jogos de Sonic. Ao estilo Sonic 4, temos uma estratégia voltada ao mercado de jogos digitais, que está em expansão. Temos também os títulos principais, onde os investimentos e as produções são maiores, que tem como objetivo o lançamento para os grandes consoles.

Neste ano de 2012, houve o lançamento de Sonic 4: Episódio 2 que utiliza a estratégia de desenvolver jogos visando o mercado de mídia digitais. Passado o lançamento, estamos atualmente com informações a respeito de Sonic & Sega All-Star Racing, um jogo de corrida spin-off.

Deste modo, ainda estamos a espera do anúncio de um título principal do Sonic oriundo de uma grande produção, ou como se refere Iizuka, um Sonic 3D. É aqui que esta coluna entra... Como será a próxima grande produção do Sonic?

Ainda no contexto em torno do lançamento de Sonic Generations, Iizuka revela que Generations marcaria o fim de uma era e que gostaria de trazer um novo estilo de gameplay. Já até surgiu um rumor sobre um novo reboot da série, mas sem maiores confirmações ou indícios. A fim de separar o que é rumor e o que há de concreto a respeito da próxima grande produção de um jogo do Sonic, a coluna foi atrás das declarações do chefe da Sonic Team, Takashi Iizuka.

Um novo estilo

Eu não diria que Sonic Generations seja um novo começo. Eu diria que está mais relacionado aos picos decorrento aos seus 20 anos de história. É deste jeito que nós estamos abordando este título. Generations é referente aos 20 anos de história e juntar isso em um produto foi realmente divertido. Eu gostaria de criar um novo estilo para o Sonic, um Sonic moderno se você preferir, em 2012 e adiante (...) (Takashi Iizuka para Gamestura; Novembro 2011).

"Durante este período confuso [com o Sonic fora da trilha], houve muitas ramificações nos estilos e mecanismos de jogo. Como resultado, as pessoas não sabiam o que estava acontecendo com o Sonic e não sabiam sobre o que realmente se tratava. Eu acho que isso causou muita confusão nos fãs.

Desde então, a partir do meu envolvimento com Sonic Colors, passando para Generations, Episódio 1 e agora Episódio 2, eu tentei me assegurar que esta questão a respeito do que o Sonic fudamentalmente é fosse respondida, e que a resposta fosse consistente. O conceito do Sonic é o que eu venho tentando esclarecer e entregar às pessoas. Agora que nós fizemos isto, eu acho que nós atualmente podemos começar a pensar sobre spin-offs e ramificações da jogabilidade do Sonic”
(Takashi Iizuka para Spong; Março de 2012).


Novas aventuras, surpreender de maneira positiva

"Sonic Generations é como se fosse algo como o final de um período. Depois de Sonic Generations, nós iremos trabalhar em novos títulos do Sonic. Eles serão aventuras inteiramente novas, naturalmente." (Takashi Iizuka para Pocket Gamer; Setembro 2011)

“Ele [Takashi Iizuka] comentou que está observando coisas boas tanto no 2D quanto no 3D e que ele quer continuar lançando jogos de ambas as formas, como foi o caso de Sonic 4: Episódio 1 e Sonic Colors no ano passado. Ele confirma que o trabalho com Sonic 4: Episódio 2 já começou e que ele quer fazer um jogo de ação 3D que irá surpreender de maneira positiva." (Matéria da Destructoid; Outubro de 2011)

“Houve muito envolvimento em torno do Sonic em seus mais de 20 anos. No caso, existem dois distintos estilos de jogo. Existe o estilo plataforma de ação em 2D side-scrolling e a ação de plataforma frontal na ação em 3D. Com a série Sonic 4, nós criamos a ação em plataforma 2D side-scrolling. Mas nós também estamos interessando no desafio de fazer algo completamente novo na plataforma de ação 3D, bem como trazer alguma coisa nova para a sala-de-estar." (Takashi Iizuka para Eurogamer; Março de 2012).

Mudança será radical?

Sobre isso [futuro do Sonic], como o nome Sonic Generations sugere, eu acho que no momento nós temos duas gerações separadas -- pais e filhos, em outras palavras -- curtindo esses jogos. Eu acho que nós podemos chegar ao ponto da série completar 30, 40 anos e haver três gerações de fãs de Sonic -- Isso é no que eu penso quando se trata do Sonic estar estabilizado quanto a um personagem. Eu quero usar a experiência dos 20 anos de história para continuar indo bem no futuro.” (Takashi Iizuka para Gamestura; Novembro 2011).

Eu acho que o Sonic nunca irá se tornar fotorealista. Eu acho que Sonic sempre continuará estilizado e terá aquele mundo brilhoso e colorido. O melhoramento de hardware irá permitir que nós possamos fazer algo mais convincente.

Por exemplo, para Sonic Generations, com a Hedgehog Engine, nós usamos a Global Illumination - GiItechnology - para o sistema de iluminação. Mas aumentando a capacidade do hardware, vai ser possível para nós termos cálculos de iluminação em tempo real, mudando de maneira dinâmica os momentos luminosos. Este é apenas um exemplo do que a limitação do hardware está impedindo que façamos o que gostaríamos de fazer. Sendo assim, tendo um hardware melhorado, poderemos fazer, por exemplo, cálculos da iluminação em tempo real. Isso irá dar mais presença ao Sonic.

Nós não estamos atrás de realismo. Nós estamos atrás de fazer ficar mais convincente. Então nós vamos continuar fazendo as coisas estilizadas, brilhantes e coloridas. Não estamos buscando a realidade."
(Takashi Iizuka para Eurogamer; Março 2012)

Ou seja, sabemos pouca coisa, mas já é alguma coisa.

Esse perfil e de propriedade de glaucio (glau), mais e ultilizado pela equipe que trabalha no site. Twitter: @tecworldk. - Whats: (+55) 11-958602911 (Duvidas).

Compartilhe e Divulgue o Site! :)

Postagens Relacionadas

Comente e Tire Sua Duvida, Perguntei e Tenha Sua Resposta